Doria afirma que vai privatizar todos os presídios do Estado
Programa do governador envolve utilizar Parcerias Público-Privadas nas unidades paulistas
Postado em : 15/01/2019



Governador de São Paulo Joao Doria, durante entrevista coletiva na abertura de feira de calçados. Foto: Reprodução/Jornal da Manhã - Rádio Jovem Pan.

 

 

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) afirmou que vai passar todos os presídios de São Paulo para a iniciativa privada, por meio do instrumento de Parceria Público-Privada (PPP).

A informação foi dada pelo governador durante coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (14). Doria tinha acabado de discursar na abertura da 46ª Feira Internacional de Calçados, Artefatos de Couro e Acessórios, na capital paulista.

“Nós vamos fazer um programa de privatização dos presídios através de PPP (Parceria Público Privada) para todos os presídios, inclusive aqueles que estão sendo construídos pelo Governo do Estado e que serão geridos e administrados pelo setor privado”, disse o governador.

Sobre os presídios que serão construídos ele defendeu o controle do setor privado, além de serem “objetos de investimento privado, investimento e operacionalização”.

O governador também alegou que o setor privado tem “mais eficiência e mais competência que o setor público”.

“Os presídios atuais serão concluídos pelo Governo do Estado, as obras já estão em curso, e a partir da sua entrega serão administrados pelo setor privado”, explicou.

 

Rádio Jovem Pan divulgou a entrevista e debateu a afirmação do governador.





Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.