Diretoria



PALAVRA DO PRESIDENTE

Parecia que 2017 não acabaria!
Mas como diz o ditado: já vai tarde!
Esse foi, sem dúvida, o pior ano para a classe trabalhadora. Ano de perdas de direito, de temor e angustia.
A confiança no governo que já era mínima, acabou de vez. Terminamos o ano com um Presidente da República com 3% de aprovação, um Congresso venal e um Judiciário torpe. Quer motivos maiores para querer dar adeus a 2017?
Mas não foi para falar em política que decidi escrever está mensagem. Afinal, este ano demos uma grande demonstração de força e coragem contra os desmandos desses políticos. Lutamos, até fisicamente, para defender os direitos da classe trabalhadora.
Na verdade, estou aqui para agradecer a cada um ( ASPs, AEVPs, GIRs, pessoal do administrativo) a confiança que demonstraram nesta diretoria e no apoio que nos deram este ano. Isso, sem dúvida, foi o saldo positivo no balanço de 2017.
De tudo o que fizemos pelos servidores penitenciários (e olha que não paramos), o que mais me deu prazer foi visitar as unidades prisionais e apertar as mãos dos companheiros que estavam ali trabalhando.
Essa proximidade me fez conhecer ainda mais a realidade de nosso servidor em várias regiões do estado. Ouvimos queixas, reivindicações, sugestões e relatos tristes.
Nessas visitas percebemos a importância de uma entidade forte e comprometida com a categoria. Essa confiança não será traída.
A cada retorno de uma das unidades surgiam novas ideias para melhor atender a categoria. É evidente que não vamos conseguir fazer tudo o que desejamos, mas é importante que todos saibam que vamos tentar.
Gostaríamos de aproveitar este momento para dar uma excelente notícia sobre o ALE, aquela que todos nós ansiosamente esperamos – mas, infelizmente a Justiça é morosa e não funciona como muitos gostariam. Estamos cheios de gilmares por aí, mas ao contrário do que muitos dizem, temos confiança no nosso Departamento Jurídico e fé na vitória.
E por falar em fé, apesar de não ser muito crente, percebo que vamos precisar dela para atravessar 2018 - ano de eleição, possível reforma da Previdência, de uso da máquina pública e de paralisação total do país.
É a previsão não parece boa. Mas, se você estiver bem acompanhando a luta fica mais fácil.
É para isso que estamos aqui. Para acolher você e sua família em todos os momentos, principalmente nos mais difíceis, quando todos tendem a desaparecer.
É para isso que existimos. Para o servidor dormir tranquilo e ter certeza de que se mexerem em um dos seus direitos, nós do SINDCOP, iremos lá brigar por ele.
Mas não é só isso não!
Também oferecemos coisas boas. Este ano, por exemplo, concluímos a obra da nossa sede, abrimos outras subsedes e pontos de apoio, firmamos inúmeros convênios e ampliamos os departamentos Jurídicos e de Comunicação.
Crescemos, mas não perdemos nossa essência. Esse é o motivo de termos ficado felizes nessas visitas que fizemos.
Gostaríamos de ter apertado as mãos de todos (as) e ter agradecido pessoalmente por vocês fazerem parte desta grande família que é o SINDCOP.
Já que isso não é possível, deixamos as portas do sindicato abertas para recebê-los. Venham quando quiser.
Não queremos que você seja feliz somente neste período de festas, mas nos próximos 365 dias e nos outros que virão.
Queremos que você e sua família saibam que podem contar conosco, sempre.
Por isso, aproveite o Natal e o Ano Novo e seja o mais feliz que puder.
Boas festas
Gilson Pimentel Barreto, presidente do SINDCOP




Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.